domingo, 4 de fevereiro de 2007

A minha banda é melhor que a tua!

Na primeira metade da década de 80 a disputa pelo título da melhor banda de " rock cabeleireiro " estava ao rubro, levando os seus fans a acérrimos confrontos do tipo claques de futebol (se considerarmos apenas a violência verbal lololol). Para quem não esteja tão familiarizado com o termo, " rock cabeleireiro " é o mesmo de " new romantic " ou, como por cá se chamava " futurista ".
De facto, estas duas bandas andaram num mano a mano com alguns singles e álbuns a equivalerem-se no plano musical e nas tabelas de vendas. Senão vejamos, os singles " Planet earth " dos Duran Duran e " To cut a long story short " dos Spandau Ballet são musicalmente idênticos, assim como os respectivos álbuns. O single " True " foi a resposta dos Spandau Ballet a " Save a prayer " dos Duran Duran. Se " Diamond " dos Spandau Ballet não podia fazer frente a " Rio " dos Duran Duran, essa tarefa ficaria a cargo do álbum " True ". Mas este último tinha de ser destronado e o quinteto de Birmigham preparava já uma nova e bem sucedida ofensiva com " Seven and the ragged tiger ". Os trunfos eram agora " Reflex ", " Union of the snake " e New moon on Monday ".
Mas 1984 seria o ano da desforra para os Spandau Ballet. Apesar do álbum híbrido " Arena " e do grande sucesso do single " Wild boys ", os Duran Duran não estiveram à altura de " Parade " dos Spandau Ballet. Não havendo mais nenhum episódio relevante a assinalar, teríamos de esperar quase uma década para assistirmos a idêntico confronto entre Oasis e Blur.




Duran Duran no Top Britânico (até 31/12/2005)

Posição geral: 56º (753 semanas)
Álbuns: 14 (424 semanas)
Álbuns em Top 10: 9
Singles: 32 (229 semanas)
Singles em Top 10: 14

Álbuns (excepto compilações) - Posição máxima
Duran Duran - 3º
Rio - 2º
Seven and the ragged tiger - 1º
Arena (live) - 6º
Notorious - 16º
Big thing - 15º
Liberty - 8º
The wedding album - 4º
Thank you (covers) - 12º
Medazzaland - 58º
Pop trash - 53º
Astronaut - 3º



Spandau Ballet no Top Britânico (até 31/12/2005)

Posição geral: 104º (433 semanas)
Álbuns: 9 (274 semanas)
Álbuns em Top 10: 6
Singles: 20 (159 semanas)
Singles em Top 10: 10

Álbuns (excepto compilações) - Posição máxima

Journeys to glory - 5º
Diamond - 15º
True - 1º
Parade - 2º
Through the barricades - 7º
Heart like a sky - 31º


9 comentários:

Anónimo disse...

GRANDE DUELO! ATÉ QUADNO UM POST OASIS E BLUR?

OBRIGADO

JOAQUIM SALGADO BRENHA

sem titulo disse...

Nem um nem outro. QUEREMOS OS DOIS !!

Grandes singles.

acho o "to cut a long story short" lindíssimo. Aquela voz grave ...

BV disse...

Apesar de preferir os Duran Duran, procurei abordar o assunto de forma isenta e sem ferir susceptibilidades. O meu critério editorial será sempre baseado neste princípio!

Anónimo disse...

E já que estão a medir o tamanho... das bandas, posso dizer que os Spandau Ballet são considerados pelos americanos (MTV e Vh1) como uma "one hit wonder" com o single True... nada mais...

*boy

BV disse...

Caro amigo,
O Eléctrico 80 não é um blog de crítica, mas sim de divulgação. Pelo menos ao nível dos posts publicados. O que não impede que qualquer comentário aos mesmos não seja manifestado numa perspectiva crítica.
Quanto ao facto dos Spandau Ballet serem uma banda " One Hit Wonder " não posso estar mais em desacordo: 10 singles em Top 10 e 3 albuns em Top 5 constituem sólidos argumentos. Para além do single True, o meu ilustre amigo conhecerá certamente To cut a long story short, The freeze, Gold, Lifeline, Only when you leave, Fight for ourselves e Through the barricades.
Os Spandau Ballet tiveram o seu lugar na história da música e é pelo que fizeram que deverão ser recordados. Nem mais nem menos! Os gostos pessoais de cada um tendem a moldar a forma como se critica a música, mas jamais deverão ser tidos em conta se quisermos fazer uma crítica isenta. Penso que nem sequer tenho necessidade de defender os Spandau Ballet... os factos falam por si!!!

Anónimo disse...

Eu sempre ouvi dizer que os gostos não se discutem... lamentam-se! :)

Mas eu só falei de factos: "os Spandau Ballet são considerados pelos AMERICANOS (MTV e Vh1) como uma "one hit wonder" com o single True... nada mais..."

nada mais mesmo :)

Da mesma maneira que os Pet Shop Boys pararam a sua carreira nos EUA em 1988...

E eu gosto MUITO de PSB!
(E ainda não disse se gostava mais de DD ou de SB) :)

*boy

BV disse...

Em primeiro lugar saúdo o meu ilustre amigo pelo facto de ser admirador dos PSB, banda que considero um marco da música pop (da boa música pop!).
Em segundo lugar gostaria de referir, caso não tenha reparado, que o sucesso ou a notoriedade de um artista ou banda será sempre medido com base no Top Britânico. Trata-se de um critério que defini, dada a maior influência desta tabela de vendas a nível europeu quando comparada com a norte-americana. E deste ponto de vista o meu amigo terá de dar-me razão! Uma banda norte-americana poderá também ser considerada " One Hit Wonder " em Inglaterra. Apenas um exemplo: Os Talking Heads que, de forma alguma, são uma banda " One Hit Wonder ", até poderão sê-lo, já que " Road to nowhere " foi o único single que se destacou na Europa.
Voltando aos SB, o facto de não terem sido tão populares nos EU não diminui em nada a importância desta banda, já que o seu sucesso, como de qualquer outra banda, terá sempre de ser analisado numa perspectiva mais global e menos circunscrita à realidade de um país, por muito grande que este seja.

Anónimo disse...

Eu digo que tudo é relativo...
O que me interessa um grande banda em inglaterra, se eu for americano?

Ou melhor ainda, o que interessa ser grande?

Somos todos infinitamente grandes, neste pequeno Universo...

Acho mal é falar dos Talking Heads ou The Smiths... mas cada um gosta do que gosta...

Também acho muito mal, ainda não ter surgido um post sobre o regresso dos Heróis do Mar!!!!! :)

Vá... toca aía a escrever uams linhas...

*boy

BV disse...

Temas para posts não faltam, falta é tempo! Apesar de já ter pensado fazer qualquer coisa sobre os Heróis do Mar (não fossem eles a minha banda portuguesa preferida dos 80s), agradeço a sua sugestão. Mais um motivo para o tema de um dos próximos posts.